Livros para aprender inglês: saiba por que a literatura é uma aliada

Já faz algum tempo que ser capaz de compreender a língua inglesa e de se expressar nela se tornou uma necessidade urgente, especialmente para quem precisa se manter conectado ao resto do mundo. Nesse cenário, utilizar livros para aprender inglês é uma excelente maneira de melhorar vários aspectos do aprendizado dessa língua.

Em qualquer idioma, o hábito da leitura sempre proporciona benefícios importantes, como a expansão do vocabulário, o aprimoramento da escrita e a melhora da capacidade de interpretação de textos, entre muitos outros. Por isso, a literatura é uma forte aliada de quem quer aprender inglês.

Então, quer conhecer alguns ótimos livros para aprender inglês? Continue acompanhando este artigo e confira a lista que preparamos, além de outras informações importantes sobre esse assunto. Boa leitura!

A contribuição da literatura para o aprendizado de inglês

Muitas pessoas pensam que, para ler um livro em outra língua, primeiro é preciso esperar chegar ao nível avançado. No entanto, isso está bem longe de ser verdade, pois existem obras mais e menos complexas, tanto no que se refere ao enredo quanto em relação à linguagem utilizada pelo autor.

Logo, dá para começar a aproveitar os benefícios da literatura desde o início, desde que você selecione obras compatíveis com o seu nível de inglês. Se você decidiu aprender depois de adulto, uma ideia interessante é escolher um livro que já leu quando era criança para reler em inglês. Nesse caso, o vocabulário mais simples e o conhecimento prévio do enredo facilitam a compreensão do texto.

Conforme o nível de inglês aumenta, é possível selecionar obras mais complexas e também mais longas. Desse jeito, chegará um momento em que você será capaz de escolher os livros em inglês apenas pelo enredo, sem ter dúvida de que vai conseguir acompanhar a história.

Os livros para aprender inglês

A seguir, separamos alguns livros para aprender inglês que são de fácil leitura, para você ver como a literatura pode ajudar nesse processo. Confira!

Garfield at Large: His 1st Book, de Jim Davis

Garfield surgiu pela primeira vez em tirinhas publicadas em jornais no fim dos anos 1970. Porém, com o sucesso do personagem, um compilado dessas histórias foi publicado em formato de livro, em 1980. Personagem mundialmente famoso, Garfield é um gato que ama comida italiana e adora ver televisão, mas odeia as segundas-feiras.

Garfield at Large: His 1st Book, portanto, reunirá as tiras publicadas entre junho de 1978 e janeiro de 1979. Apesar de as primeiras edições manterem as ilustrações em preto e branco, o livro passou a ser impresso colorido a partir de 2001.

O formato ilustrado e com pouco texto é uma ótima opção para quem ainda não se aventurou na leitura em inglês. Desse jeito, você logo vai perceber que utilizar os livros para aprender o idioma é mais fácil do que você pensava.

Como Aprender Inglês Definitivamente

Peter Pan, de J.M. Barrie

Um clássico da literatura infantojuvenil, a obra narra as aventuras de Peter Pan — o menino que não queria crescer — em Neverland, um lugar para onde ele transporta crianças órfãs. Peter também leva para lá os irmãos Wendy, John e Michael Darling, e, juntos, eles enfrentam personagens perigosos, como o Capitão Gancho, e convivem com criaturas fantásticas, como a fada Tinker Bell.

A história criada por J.M. Barrie se tornou tão icônica, que foi adaptada para diversos formatos, como peças de teatro e filmes, sendo a animação da Disney de 1953 a mais conhecida delas.

O vocabulário diversificado da obra é ótimo para conhecer novos termos, mas não pense que isso pode impedir a compreensão do enredo. O texto é bastante acessível para várias idades e níveis de inglês.

Harry Potter and the Philosopher’s Stone, de J.K. Rowling

Esse é o primeiro livro da saga que conta a história de Harry Potter, um órfão que, quando bebê, sobreviveu ao ataque de um poderoso feiticeiro. Aos 11 anos de idade, depois de ter crescido sem conhecer sua verdadeira história, a vida de Harry muda por completo quando ele finalmente descobre que é um bruxo e ingressa na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

O sucesso foi tão grande que a saga do bruxinho ganhou uma adaptação para o cinema em 8 filmes, além de dar origem à franquia Fantastic Beasts e a diversos outros conteúdos, como os livros da Hogwarts Library e o site Pottermore, que trazem várias informações inéditas sobre esse mundo mágico.

Por ser destinada ao público infantojuvenil, embora também atraia muitos adultos, a obra tem um tom leve e divertido que torna a leitura mais fácil. Se você se interessar pelo enredo, ainda pode engatar a leitura dos outros 6 volumes da saga e aproveitar para aprender muito mais da língua inglesa.

The Da Vinci Code, de Dan Brown

Diferente das indicações anteriores de livros para aprender inglês, The Da Vinci Code traz uma trama de suspense. A história é protagonizada por Robert Langdon, um professor de Harvard que é especialista em simbologia. Em Paris, Langdon conhece a criptógrafa Sophie Neveu e os dois embarcam em uma investigação que envolve uma antiga sociedade secreta.

Como o enredo fala muito sobre obras de arte, é possível afirmar que este é um livro bastante visual, que até foi lançado em edição ilustrada. Assim, fica mais fácil compreender os trechos de vocabulário mais específico.

Se você gostar desse livro, poderá continuar acompanhando as aventuras de Langdom em busca de outros mistérios e diferentes sociedades secretas. Afinal, o personagem de Dan Brown aparece em outros livros do autor, que podem ser lidos de forma independente.

Curso Jovens

Lord of the Flies, de William Golding

Um clássico do gênero distopia, Lord of the Flies narra a história de um grupo de garotos que sobrevive à queda de um avião em uma ilha deserta. A princípio, o grupo se organiza para aguardar o resgate, porém, conforme o tempo passa e o isolamento se prolonga, a convivência dá origem a uma selvagem disputa pelo poder.

Escrito em 1954 pelo autor britânico William Golding, vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, o livro foi eleito pela Modern Library, uma das 100 principais obras de língua inglesa publicadas no século XX. Além disso, recebeu adaptações para o cinema, para o teatro e, até mesmo, para o rádio, na forma de áudio drama.

Lord of the Flies é muito recomendado para quem está aprendendo inglês depois de adulto. Em países de língua inglesa, a obra costuma ser trabalhada nas escolas, com crianças e adolescentes.

The Old Man and the Sea, de Ernest Hemingway

Depois de 84 dias sem apanhar um peixe sequer, o pescador Santiago decide navegar em direção ao alto-mar, com a certeza de que lá vai ter uma sorte melhor. A obra é uma viagem pelos pensamentos e sonhos desse personagem, enquanto ele lida com a solidão marítima.

Última grande obra de ficção de Hemingway publicada ainda em vida, The Old Man and the Sea foi o vencedor do Prêmio Pulitzer na categoria ficção e um dos livros responsáveis por conferir ao seu autor o Nobel de Literatura, em 1954.

Esse clássico da literatura contemporânea está na lista de livros para aprender inglês não só pelo enredo profundamente humano, mas pelas estruturas gramaticais e expressões que o autor utiliza. Por isso, vale a pena conferir.

The Adventures of Tom Sawyer, de Mark Twain

Escrito em 1876 por Mark Twain, o livro narra as aventuras de Tom Sawyer, um órfão que vive com uma tia e um meio-irmão nas proximidades do rio Mississipi. O jovem tem o hábito de faltar às aulas para nadar no rio e, por conta disso, precisa pintar a cerca da casa da tia como castigo. Porém, logo descobre que consegue fazer com que as crianças da vizinhança façam o serviço por ele em troca de bugigangas.

Essas e outras aventuras, a maioria delas vividas com seu amigo Huckleberry Finn, estão presentes nesse livro, que foi um dos primeiros a serem escritos em uma máquina datilográfica! Apesar de ter sido publicado no século XIX, esse clássico ainda é uma ótima opção de leitura tanto para jovens, quanto para adultos.

The Lion, the Witch and the Wardrobe, de C.S. Lewis

Apesar de aparecer como a segunda nas coletâneas recentes, The Lion, the Witch and the Wardrobe foi a primeira das sete histórias de The Chronicles of Narnia a ser publicada, em 1950.

Nela, C.S. Lewis conta a história de quatro irmãos que precisam fugir para uma casa antiga por conta da guerra. Lá, eles encontram um guarda-roupa mágico que os leva até Nárnia, uma terra mágica, cheia de animais míticos, onde eles deverão cumprir uma profecia.

Escrito tendo as crianças como público-alvo, o livro traz uma história encantadora narrada de maneira simples e apaixonante, o que fez com que ele se tornasse um clássico com várias adaptações, incluindo para o cinema, o teatro e a televisão.

Charlotte’s Web, de E.B. White

Wilbur é um porquinho que vive em uma fazenda e é amigo da aranha Charlotte. Quando o fazendeiro resolve matá-lo para consumo, a aranha começa a escrever mensagens em sua teia destacando as qualidades do amigo, em uma tentativa de fazer com que o homem mudasse de ideia.

Publicado em 1952, o livro foi escrito por E.B. White e ilustrado por Garth Williams, sendo posteriormente adaptado para o cinema e o teatro. Por conta de sua linguagem simples e trama cativante, é recomendado para crianças, ainda que também seja apaixonante para os adultos.

The Outsiders, de S.E. Hinton

The Outsiders é um romance de formação escrito por S.E. Hinton dos seus 15 aos 18 anos, sendo publicado em 1967. A trama é narrada pelo seu protagonista, Ponyboy Curtis, um adolescente que se vê em meio ao conflito de duas gangues rivais, divididas por seus status socioeconômicos: os trabalhadores e os de alta classe.

Apesar de toda a controvérsia envolvendo a obra — em sua maioria, por conta da linguagem e da violência apresentadas —, ela foi adaptada para cinema, televisão e teatro, além de fazer parte do currículo de várias escolas americanas.

Thirteen Reasons Why, de Jay Asher

Considerada como uma obra young adult — ou seja, para um público jovem-adulto —, Thirteen Reasons Why foi escrito por Jay Asher e publicado em 2007. Na trama, acompanhamos a história de Hannah Baker, uma jovem que sofreu bullying e traições de seus colegas de escola, culminando com o seu suicídio. Porém, antes de tirar a sua vida, ela gravou em áudio os treze motivos que a levaram a isso.

Sucesso de vendas e de críticas, o livro chegou a ser o mais vendido do New York Times em julho de 2011, além de receber vários prêmios literários e servir de base para uma série homônima da Netflix. Por conta de sua boa recepção e linguagem atual, é uma ótima opção de leitura para jovens e adultos.

The Giver, de Lois Lowry

Nossa última dica deste post é The Giver, escrito por Lois Lowry em 1993. Nessa distopia escrita para o público jovem-adulto, acompanhamos a história de Jonas, um garoto de 12 anos que vive em uma sociedade convertida ao “Sameness”, que extinguiu as emoções de toda a população.

Ele, então, é escolhido para ser o recebedor das memórias de todas as pessoas que viveram anteriormente a esse período, e deverá utilizar esse conhecimento para ajudar nas tomadas de decisões.

Com três continuações e uma adaptação para o cinema, The Giver é um livro que está presente no currículo de escolas dos Estados Unidos, do Canadá e da Austrália, sendo recomendado para todas as idades.

A importância do material didático para o aprendizado

Paralelamente ao uso da literatura como aliada no aprendizado, é fundamental contar com um material didático completo nas aulas de inglês. Na Cultura Inglesa, são utilizados livros desenvolvidos pelas melhores editoras do mundo, o que garante um ensino de qualidade e, ao mesmo tempo, com um bom custo-benefício para os alunos.

Por fim, não se esqueça de que é muito importante frequentar um curso em que os conteúdos dos livros para aprender inglês, tanto os literários quanto os didáticos, sejam transmitidos e aproveitados de forma eficiente. Dessa forma, seus horizontes linguísticos vão se expandir e cada vez mais conquistas farão parte da sua vida.

Como vimos, há uma vasta gama de livros para aprender inglês, que poderá ser desfrutada tanto por jovens ou adultos, que estejam começando agora a aprender o idioma ou que já estão em um nível mais avançado do aprendizado. Por isso, não perca tempo: escolha a sua próxima leitura de acordo com os seus gostos pessoais e o seu nível de conhecimento da língua, e comece agora mesmo a praticar o seu vocabulário!

Gostou das nossas indicações de livros para aprender inglês? Então, aproveite a visita e saiba mais sobre como o sotaque brasileiro influencia no aprendizado do inglês!

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.