Como escolher o melhor curso de inglês?

Ao decidir por aprender um novo idioma, é normal que o futuro estudante fique perdido em relação às diversas opções presentes no mercado. Afinal, há o ensino presencial ou a distância, regular ou intensivo, tradicional ou voltado aos negócios, entre outras variações. Então, como escolher o melhor curso de inglês?

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os cursos de idiomas são livres e, por isso, não há um exame — como o Enade para o ensino superior — que avalie o desempenho dos alunos. Ainda assim, é possível analisar a qualidade da escola ao pesquisar sobre as abordagens de estudo utilizadas, a qualificação do corpo docente e o uso de tecnologia, por exemplo.

Pensando em ajudar você nessa tarefa, neste post, vamos explicar como funcionam os principais cursos de inglês e por que a Cultura Inglesa é a melhor opção. Continue a leitura e acompanhe!

Como funcionam os principais cursos de inglês?

No mundo globalizado em que vivemos, ter domínio do inglês se tornou obrigatório para que você tenha as melhores oportunidades profissionais. Para isso, é preciso escolher o curso ideal para o seu perfil.

No mercado, há várias opções diferentes, podendo ser voltadas para viagens, intercâmbios ou negócios, por exemplo. Porém, não importa qual seja a sua necessidade: você precisará ter foco e determinação para obter resultados.

A seguir, entenda quais são as diferenças entre as principais modalidades de cursos de inglês e veja para quais perfis de alunos elas são mais indicadas.

Curso tradicional

O curso tradicional costuma ser o mais indicado para aquele aluno que está começando a ter contato com o idioma, porque a abordagem das aulas é voltada para auxiliá-lo a compreender a língua em diferentes contextos, focando principalmente em comunicação oral e escrita. Dessa forma, ele consegue aprender a língua com um foco maior nas estruturas necessárias para conseguir usá-la.

Caso já tenha algum conhecimento do idioma, é possível fazer uma classificação de nível e, assim, começar o curso com o nível adequado de desafio. Dessa forma, garante-se o progresso gradativo do estudante.

Por precisar de um aprendizado mais detalhado, a duração média dos cursos tradicionais é de dois a quatro anos, mas pode durar mais dependendo do objetivo do aluno. Assim, o ideal é que o interessado nessa modalidade tenha determinação para o estudo e paciência para perceber os resultados.

Curso in company

Com abordagens e conteúdos específicos, o curso de inglês voltado para negócios procura atender às necessidades do aluno, de acordo com a sua área de trabalho.

Com o objetivo de prepará-lo para as situações do mundo corporativo, as aulas são voltadas para o ambiente de trabalho, abordando situações como telefonemas, negociações e apresentações, além de focar em um vocabulário que o capacite a se comunicar nessas situações utilizando o idioma.

Os cursos para negócios costumam ter, em média, a duração de um ano. Para isso, é preciso que o interessado já tenha um domínio da língua — de preferência no nível intermediário.

Curso intensivo

O curso intensivo é ideal para quem quer aprender rapidamente, sendo muito indicado para alunos que precisam do idioma para uma viagem, uma reunião no trabalho ou um intercâmbio, por exemplo.

Com oferecimento dos níveis desde o básico até o avançado, há opções de cursos de férias em que o aluno consegue aprender o conteúdo de um semestre em apenas um mês. Porém, algumas escolas oferecem essa modalidade apenas àqueles que já tenham um conhecimento prévio da língua.

Aulas de conversação

É normal ter um pouco de medo ao utilizar o idioma que você está aprendendo durante uma conversação. Para ajudar a ter mais segurança, os cursos voltados para o desenvolvimento da comunicação oral são ótimas opções!

Com duração média de seis meses, o estudante é incentivado a comunicar-se apenas na língua estrangeira para aperfeiçoar sua compreensão e conversação.

Quais são os diferenciais da Cultura Inglesa?

A Cultura Inglesa é uma das maiores escolas de inglês do Brasil. Há mais de 80 anos no mercado, ela pratica o ensino aliado à cultura, tecnologia e excelência acadêmica, de modo que o aluno aprenda enquanto vivencia uma imersão cultural.

Com foco em soluções e resultados de forma ética, apresentando um interesse genuíno nas pessoas e uma paixão pelo aprendizado, a Cultura Inglesa é uma ótima opção para quem quer aprender o idioma, não importando o grau de conhecimento prévio.

Prova disso são os seus diferenciais perante outras opções do mercado. A seguir, saiba mais sobre cada um deles.

Vivencie a cultura da língua inglesa na prática

A Cultura Inglesa tem a missão de não apenas ensinar o idioma aos seus alunos, mas também de promover uma imersão cultural, por meio de eventos e projetos que trabalham música, dança, teatro, canto coral e outras formas de arte.

Essas apresentações são realizadas durante todo o ano, tanto para alunos como para o público em geral. 

Trabalhe o uso oral da língua desde a primeira aula

Os cursos são desenvolvidos para aprimorar a comunicação oral e escrita do aluno, do nível básico ao avançado. Com uma abordagem que visa a comunicação, as aulas são ministradas inteiramente em inglês. Dessa forma, o estudante terá segurança para utilizar o idioma sempre que precisar, percebendo como aplicar os conceitos na fala tão logo são aprendidos.

Aprenda com um corpo docente qualificado

Todos os professores da Cultura Inglesa são altamente qualificados e apaixonados pelo ensino. Possuem certificados internacionais e mais de 120 horas de capacitação. Além disso, participam de cursos e congressos para se atualizarem constantemente.

Ao aliar o melhor material didático disponível no mercado às modernas abordagens de ensino, é possível garantir que as necessidades dos alunos sejam atendidas.

Desfrute da tecnologia em sala de aula

A Cultura Inglesa conta com recursos tecnológicos avançados, como quadros digitais interativos, aplicativos mobile e Wi-Fi, que facilitam o aprendizado. Além disso, o aluno conta com um e-mail exclusivo para utilizar as ferramentas do Google for Education — tecnologia que ajuda a tornar o processo mais dinâmico e produtivo.

Como vimos, há várias opções de ensino de idiomas no mercado. Para escolher o melhor curso de inglês, é preciso procurar pelo modelo que mais se alinhe ao seu perfil e optar por uma instituição que preze não apenas pelo aprendizado, mas também pelo aprofundamento cultural do aluno, aliando um corpo docente qualificado aos melhores materiais didáticos e à tecnologia de ponta.

Se você ficou interessado pelos valores da Cultura Inglesa, aproveite para fazer a classificação de nível e dê início aos seus estudos! 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *