Plano de ação: o que fazer para realizar as metas para o ano novo

O clima de renovação da virada de ano nos deixa mais animados para mudar velhos hábitos e buscar nossos sonhos. É nessa época que fazemos nossas conhecidas listas de metas para o ano novo, mas é em janeiro que o verdadeiro desafio começa: como tirá-las do papel?

Emagrecer, economizar, aprender inglês, crescer na carreira, melhorar os hábitos alimentares, fazer um intercâmbio… Esses são alguns exemplos que costumam aparecer em muitas listas de metas para o ano novo — talvez até na sua! —, mas muitas pessoas esquecerão esses planos antes mesmo de fevereiro.

Se isso é algo que acontece com você – ou se você não sabe nem por onde começar a definir suas metas para o ano novo –, continue conosco neste post, em que falaremos sobre os diferentes tipos de meta e traremos algumas dicas especiais para elas não ficarem esquecidas ao longo do ano. Confira!

Metas pessoais e profissionais para o ano novo

Antes de começar a definir suas metas para o ano novo, é importante compreender em quais áreas da sua vida há algo que você gostaria de mudar. Há, basicamente, dois tipos, que afetam aspectos diferentes de sua vida: pessoais e profissionais.

Entre as metas pessoais, podemos listar todas aquelas relacionadas a sua saúde, sua qualidade de vida, suas finanças e seus relacionamentos interpessoais e intrapessoal. Elas podem, também, estar relacionadas à conquista de um sonho, como uma viagem ou aquisição de um bem. As profissionais, por sua vez, são aquelas relacionadas à evolução de sua carreira e à busca de satisfação em seu trabalho.

Vale destacar que, algumas vezes, uma meta pode trazer tanto satisfação pessoal quanto a evolução de sua carreira, como é o caso de uma viagem de intercâmbio. Esse tipo de experiência pode trazer grandes oportunidades e contribuir muito para seu crescimento profissional, mas também ajuda a melhorar seus relacionamentos e a aumentar o autoconhecimento, além de garantir momentos inesquecíveis.    

Confira alguns outros exemplos de metas para o ano novo:

  • metas pessoais: alimentar-se melhor, praticar um esporte, passar mais tempo com a família e os amigos, viajar para um lugar novo, diminuir gastos, passar a investir mensalmente pensando no futuro, parar de fumar, perder peso etc.;
  • metas profissionais: começar um curso de inglês, aprender uma atividade diferente, mudar de área, ler mais artigos relacionados ao seu campo de atuação, aumentar sua rede de contatos profissionais, trocar de emprego etc.

O que fazer para realizar as metas para o ano novo

Agora que você já pensou em tudo que gostaria de mudar em sua vida e definiu suas metas, que tal acompanhar algumas dicas para que elas não fiquem apenas no papel neste ano?

Entenda por que cada meta é importante para você

Para manter-se motivado, mesmo quando as coisas parecerem difíceis, compreenda bem os motivos que levaram à escolha de cada meta. Qual é a importância dela para você? O que ela mudará em sua vida? O que trará de bom? Pensar nessas questões pode ajudar a não perder o ânimo durante o ano.

Estabeleça metas mensuráveis

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a meta não precisa ser apenas uma definição ampla daquilo que você quer realizar, mas pode envolver também aquilo que você precisa fazer para alcançá-la. É interessante estabelecer objetivos mensuráveis, para que você possa avaliar se eles estão progredindo ao longo do tempo.

Por exemplo, digamos que seu maior desejo para o novo ano seja perder o medo de falar inglês em público. Pense no que você precisaria fazer para concretizar esse desejo e estabeleça metas que você poderá acompanhar ao longo do ano, como: treinar o speaking meia hora por dia, assistir a um filme em inglês por semana, e assim por diante, para, até o fim do ano, ser capaz de falar inglês em público sem medo.

Veja que esses propósitos são quantificáveis, por isso é possível saber se estão sendo cumpridos ou não. Dessa forma, é possível acompanhar melhor sua evolução e ajustar suas atividades se perceber que está deixando sua meta de lado.

Divida uma grande meta em vários objetivos menores

Quando pensamos em um propósito grandioso, pode parecer muito difícil alcançá-lo, e isso pode nos desanimar e nos fazer desistir. Além disso, quando pensamos em um prazo muito longo para a realização da meta (como um ano), corremos o risco de postergar, pensando que temos muito tempo, e não realizá-la nunca.

A dica, aqui, é fazer um plano de ação e dividir suas metas em objetivos menores, semanais ou mensais. Dessa forma, você não apenas se sentirá mais motivado, pois os objetivos parecerão mais alcançáveis, mas também poderá se organizar melhor e fazer uma autoavaliação ao alcançar cada alvo, pensando no que deu certo e no que poderia ser melhorado.

Seja disciplinado e persistente

Não há como fugir disso: para alcançar suas metas para o ano novo, será necessário organizar-se e manter a disciplina, cumprindo o planejamento feito. Para isso, organize seus horários, mantenha o ânimo, não procrastine e dedique realmente sua atenção à atividade que está sendo realizada.

A persistência é outra qualidade que não poderá faltar nesse processo. É possível que, algumas vezes, as coisas não saiam exatamente como você planejou. A solução será desistir? Nunca! Reflita sobre o que deu errado, como pode ser corrigido e continue buscando seus objetivos. 

Vale lembrar, é claro, que é necessário manter-se realista, escolhendo metas e objetivos compatíveis com sua realidade. Isso evitará frustrações e desistências ao longo do percurso. É justamente sobre isso que falaremos a seguir.

Como definir metas atingíveis

É muito frequente querermos abraçar o mundo, fazer tudo ao mesmo tempo e realizar todos os nossos objetivos de forma imediata, não é mesmo? Mas saiba que isso não é nada realista!

Para definir metas atingíveis, não há outra maneira: é preciso fazer uma autoanálise, conhecer seus limites e saber quanto tempo você poderá dedicar a cada uma. E isso também exigirá organização!

Primeiro, faça uma lista das metas escolhidas e reflita sobre o que cada uma exigirá de você. Será necessário fazer algum investimento financeiro? Quanto tempo você poderá dedicar a cada uma? A partir disso é possível fazer um cronograma mais realista, com mais chances de ser cumprido.

Agora que você já descobriu como escolher suas metas para o ano novo e como tirá-las do papel, sabia que, se o aprendizado de um novo idioma estiver entre elas, podemos ajudar você? Entre em contato conosco e conheça nossos cursos de inglês! 

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.