Como ajudar meu filho a estudar? Conheça 5 dicas práticas!

Para que a criança se desenvolva bem, além de ter um ambiente saudável e cheio de estímulos em casa, é importante seguir as atividades escolares.

E é nesse ponto que mora o problema: muitos alunos não demonstram interesse pelos livros e cadernos e dão um trabalhão para os pais na hora de fazer tarefas ou de se preparar para as provas. As famílias ficam sem saber o que fazer, mas se preocupam que essa situação tenha um impacto negativo no futuro deles.

Então, como ajudar meu filho a estudar? Se você busca a resposta para essa pergunta, vai gostar de conferir o nosso post. Continue a leitura e coloque em prática as 5 dicas a seguir!

Guia completo ajudar seu filho a aprender inglês

1. Crie uma rotina de estudos

Talvez o que falte na sua casa é organização para o momento de fazer as lições, trabalhos e estudar para a prova. A proposta é criar uma rotina de estudos, delimitando o período em que a criança vai se dedicar a essas atividades.

No começo, vai ser necessário lembrá-la todos os dias desse compromisso, mas, com o tempo, ela se acostuma e isso se torna algo natural em seu dia a dia.

Os pais podem até mesmo criar um cantinho de estudos, com uma mesa e cadeira confortável, escrivaninha para os livros, porta-lápis e luminária. Assim, seu filho terá um incentivo para fazer as tarefas escolares.

Outra dica é acompanhar essa rotina para que a criança se sinta mais segura para a atividade. Mas atenção: os pais não devem fazer os exercícios e resolver os problemas para ela, pois a ideia é somente orientar. Em caso de alguma dificuldade, o indicado é relatar para os professores.

2. Traga aspectos práticos e lúdicos ao aprendizado

Como ajudar meu filho a estudar? Trazendo os tópicos abordados na escola para situações práticas e momentos lúdicos. Você pode, por exemplo, utilizar o supermercado para mostrar o funcionamento da matemática, apontando variações entre preços ou quantidades de produtos, ou ensinar sobre frações na hora de cortar uma pizza.

Que tal frequentar um parque para falar sobre botânica ou ainda montar uma horta em casa para mostrar como ocorre o desenvolvimento de verduras e a importância da chuva para seu crescimento?

Você pode também utilizar livros infantis para estudar ortografia e gramática. A dica é fazer a criança ler as palavras e acompanhar esse momento. Ao final, vocês podem, até mesmo, encenar a história.

Curso Crianças

3. Mantenha a criança motivada

Acompanhe as atividades escolares que a criança precisa fazer e procure entender o motivo pelo qual ela perdeu o interesse. Será que é por que não entendeu o que foi falado em sala de aula e ficou com vergonha de perguntar?

Ao compreender essa questão, fica mais fácil buscar meios de motivar o seu filho. Às vezes, só o fato de estudar com ele já vai ajudar, trazendo acolhimento. Você pode também descobrir os assuntos em que ele demonstra mais interesse e dar uma atenção maior para esses temas. Se a criança gosta de tecnologia, delimite um horário por dia em que ela possa escolher jogos e aplicativos que tenham enfoque educacional.

Outro ponto importante é não compará-la com outro aluno da turma, estar sempre aberto para ouvir suas dificuldades e, principalmente, ter o hábito de elogiar seus esforços e conquistas.

4. Incentive a leitura em casa

Quer ajudar seu filho nas atividades escolares? Então fique por dentro de uma dica bem simples e que pode ter resultados extraordinários nos estudos: incentive a leitura em casa.

Quando a criança adquire prazer em acompanhar boas histórias, melhora sua concentração, seu raciocínio e vocabulário, além de ser um estímulo para a criatividade. Tudo isso vai se refletir nas tarefas e trabalhos escolares.

Acompanhe a seguir o que fazer para incentivar o hábito da leitura:

  • escolha livros de acordo com a faixa etária da criança — podem ser aqueles com fantoches ou até gibis. O importante é que ela tenha interesse na história e se acostume a ler;
  • leia com ela e transforme o momento em algo lúdico — use entonações diferentes para as vozes dos personagens e entre em um mundo de magia com seu filho;
  • leia para ele antes de dormir — deixe o pequeno escolher a história e aproveite para estreitar os laços;
  • monte um cantinho da leitura — uma pequena prateleira e muitas almofadas já bastam para estimular esse hábito;
  • leve a criança para livrarias, lançamentos de livros e bibliotecas;
  • dê o exemplo — tenha o costume de ler em casa, pois as crianças copiam o que os adultos fazem e, assim, podem se interessar pelos livros com mais facilidade.

5. Matricule seu filho em atividades extracurriculares

Quer descobrir como ajudar seu filho a estudar? Inclua atividades extracurriculares em sua rotina. A dica é escolher alguns cursos, mas sem sobrecarregar a criança, que precisa de um tempo na semana para descansar e brincar.

O ideal é optar por algum esporte do interesse dele para desenvolver habilidades motoras e também cursos que vão fazer a diferença no sucesso acadêmico e profissional, como o de inglês.

Esse aprendizado vai ser cobrado do seu filho, seja o inglês no vestibular, para a seleção de emprego, ou para um intercâmbio. Além disso, a criança bilíngue aprimora o raciocínio e memória, o que vai trazer ganhos para o ensino escolar. Então por que não aproveitar e aprender essa língua ainda na infância?

A ideia é que as lições sejam lúdicas, com atividades variadas e muita tecnologia. Por isso, escolha uma escola de inglês de qualidade para que o domínio da língua não se torne uma obrigação, mas aconteça de forma natural.

Se a pergunta “como ajudar meu filho a estudar” não sai da sua cabeça, você já sabe o que precisa fazer para que ele tenha interesse nas lições e em outros trabalhos escolares. As atividades extracurriculares, como o curso de inglês, vão fazer a diferença no aprendizado e no futuro da criança.

Gostou das informações que trouxemos neste post? Quer acompanhar outros conteúdos como este? É só assinar a nossa newsletter!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.